Rolim de Moura - RO, Segunda-Feira, 20 de Setembro de 2021 - 00:00

Coluna Porta Aberta - Por Fernando Garcia

Fonte: Fernando Garcia - Em Artigos - 26/07/2021 06:31:00 hrs

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Coluna Porta Aberta - Por Fernando Garcia
Reprodução

Alerta

O Centro Educacional de Rolim de Moura (CER), instituição que vem fazendo a diferença ao longo de mais de três décadas, com impecável serviço a dezenas de pessoas com deficiências diversas, que precisa de atendimentos continuados, ultimamente vem sofrendo baixas no que tange aos profissionais do quadro. Nos últimos anos, um número significado de profissionais do CER, se aposentaram e outros, aguardam apenas, entrar no quadro da transposição para pedirem suas, aposentadorias. O Centro Educacional, conta também com apoio de diversos segmentos da sociedade, que sem essa participação tudo ficaria mais difícil, mas, felizmente a sociedade tem respondido de forma brilhante quando convocada pela direção.

Socorro

Em virtude dessa situação, assim que as aulas entrarem em sua normalidade, seria de bom alvitre, que as autoridades do município prefeito e vereadores, tomassem ciências dos fatos para que busquem formas para contratações de vários profissionais para o CER. A instituição ao longo de sua trajetória no município, contou sempre com apoio da prefeitura e do Governo do Estado, que cedem profissionais para manter a estrutura do Centro Educacional de Rolim de Moura. Essas parcerias são fundamentais para à sobrevivência da Instituição, sem elas, praticamente esse grande trabalho desenvolvido pela sua equipe, oportunizará sua continuidade, visto, que requer bastante atenção de pessoas qualificadas.

Espoliadores

Com intensa iteração pelas redes sociais, o cidadão comum como dizem os letrados, esses sem dúvida é maioria do eleitorado brasileiro, que acompanha o dia-a-dia, o cotidiano da política brasileira. Com essa maldita votação de parlamentares faminto pelo “fundão”, para custearem suas eleições com esse montante de dinheiro às custas do povo brasileiro, onde a pandemia matou quase 600 mil brasileiros, a maioria deles vão se ausentarem do legislativo por força do voto dessas pessoas. Hoje, os veículos de comunicações mais velozes são as redes sociais, onde o Brasil, já elegeu o presidente Bolsonaro e, não será diferente dessa eleição ano que vem, quando esses surrupiadores de recursos públicos irão ter as respostas que merecem.

Perplexa

A ex-deputada federal, Marinha Raupp, ao lê a coluna Porta Aberta, que fez uma abordagem completa sobre a situação do Frigorífico do Peixe, de Rolim de Moura, disse que ficou espantada com a situação caótica em que se encontra o frigorífico. A ex-deputada lamentou todo esse caos vivenciado pelos piscicultores, lembrando que ela e o ex-senador Valdir Raupp, conseguiram muitos equipamentos através do então Ministro da Pesca, Altemir Gregolim, dentre eles um Caminhão Baú (frigorífico e também uma Escavadeira Hidráulica, destinada para piscicultura, enfatizando que nesse quesito foi missão cumprida. Essas duas conquistas não foram citadas na coluna, demonstrando que a situação é mais grave ainda, porque ninguém deu sinal onde estão esses maquinários

Distante

O ex-prefeito temporário de Rolim de Moura, Fabrício Melo (PSB), praticamente nesses últimos sete meses não é visto na região do Paço  Municipal, ou até mesmo em outras localidades. Policial Civil, formado em Administração pela Unir (Cacoal), muitos colegas de Fabrício Melo, estão questionando o distanciamento do deputado federal Expedito Neto com Fabrício, que inclusive são do mesmo partido. Ao que tudo indica, deve se aproximar dele na época de campanha como sempre faz, uma vez que Fabrício Melo, também já foi vereador e, goza de uma boa reputação no distrito de Nova Estrela, onde mora há vários anos, afinal, nem sempre companheiros de campanha, são parceiros do poder.

Apreensivos

Começa gerar preocupações aos moradores de Rolim de Moura, quanto ao projeto Tchau Poeira, lançado pelo Governo do Estado, acerca de um mês na região central da cidade. Os moradores temem que o Tchau Poeira, comece suas atividades no começo das águas, transferindo os trabalhos para o ano vindouro próximo ao período eleitoral, marcas registradas pela maioria dos governantes. Essas obras serão de grande valia para a comunidade rolimourense, pois, Rolim de Moura, sofre há muitos anos por causa da poeira em época de verão e, também no período chuvoso. Infelizmente tivemos 12 anos com mandatos de Rolim de Moura, mas se esqueceram de atentar para esse problema crônico, que tanto assola os moradores da capital da Zona da Mata. O ex-governador Confúcio Moura, declarou em Rolim de Moura, que em Ariquemes, só se fizessem novas ruas para ele asfaltar, em Rolim foi o contrário, não fizeram o dever de casa.

A luta pelo verde

Uma boa notícia aconteceu essa semana, quando o prefeito Aldo Júlio, juntamente com o presidente da Ong  Aruana- Ação Ambiental, disse está agilizando um terreno para construção de um viveiro municipal. As palavras do prefeito soaram com bastante positividade por parte do presidente da Aruana, jornalista Fabiano Gomes e, também de toda sociedade, que almeja dias melhores para o Meio Ambiente. Realmente Rolim de Moura, precisa avançar nesse quesito com a natureza, principalmente no centro da cidade e a beira do Rio Anta, que percorre quilômetros margeando boa parte da cidade. Essa união da Secretaria de Meio Ambiente, com a Aruana-Ação Ambiental, vai fazer muito bem esse elo de ligação, para melhorar a imagem do verde em nosso município.

Engavetado

O município de Rolim de Moura, poderá ficar de fora do Mapa do Turismo, caso a Câmara de Vereadores, não vote uns pré-requisitos, que foram enviados para a Casa de leis, desde o mês de março, quando foi encaminhado pelas comissões. Após os trâmites legais, comprovar a existência de uma instância de Governança Regional (conselho, fórum , comitê e responsável pela gestão. Comprovar existência de órgão ou entidade responsável pela Pasta de Turismo, dotação orçamentária, Lei Orçamentária Anual, comprovação de Conselho Municipal de Turismo, e Programa de Regionalização do Turismo, disponibilizada pelo Ministério do Turismo. De posse dessa documentação, toda equipe que faz parte do Semadur, aguarda ansiosamente esse desfecho por parte da Câmara de Vereadores, para que Rolim de Moura, possa ter acesso a vários recursos de ordem federal, que hoje estão na casa de dez por cento dos projetos financiados, podendo chegar até noventa por cento.

Muita labuta

A vaga mais cobiçada pelos políticos de Rondônia, pelo que se observa, é exatamente a única vaga que existe para o Senado da República. Dos oito deputados alojados na Câmara Federal, três deles, Léo Moraes, Mariana Carvalho e Jaqueline Cassol, são nomes ventilados pela imprensa. É bem verdade, que tudo até agora não deixa de ser balões de ensaio por parte dos respectivos nomes e suposições por parte da imprensa que avalia, os posicionamentos de cada um deles diante da batalha hercúlea, que deverão ter para serem reconduzidos as respectivas vagas de deputado federal. Independente de quaisquer análises para a cadeira a única vaga ao Senado, ano que vem, os nomes de Léo Moraes e Expedito Júnior, são os mais respaldados para ocupar essa vaga senatorial, sendo importante lembrar, que muitas “águas estão por vir e muitas curvas serão feitas contrariando o curso do rio”.

Panorama político

O ex-senador Amir Lando, acaba de informar que pretende ser candidato ao Senado, em 2022, provavelmente pelo (MDB), partido que é filiado há muitos anos em Rondônia. Amir Lando, já foi deputado estadual, Chefe da Casa Civil, no governo de Jerônimo Santana, presidente do Incra, Ministro da Previdência, e senador da República em duas oportunidades, onde em seu primeiro mandato, ocupou muito espaço na mídia nacional na cassação do ex-presidente, Fernando Collor de Melo. Naquela oportunidade, mesmo sendo vitrine nas maiores mídias do país, não conseguiu o seu intento de retornar ao Senado, mesmo tendo duas vagas disponíveis, que foram ocupadas por Ernandes Amorim e José de Abreu Bianco, em 1994. Decorridos quatro depois, em 98, Amir Lando, conseguiu de forma retumbante retornar ao convívio da maior Casa Legislativa, que é o Senado Federal. Político de uma oratória inquestionável, Amir Lando, mesmo não ocupando mandato eletivo, vivencia o dia-a-dia da política rondoniense, podendo ser mais um nome de proa rumo ao a Casa Maior.

Precisa rever

Os trabalhos de parcerias de operação tapa buracos, entre a prefeitura de Rolim de Moura e o Governo do Estado, através do DER, nas duas quadras abaixo da 7 de Setembro, rua Tocantins, está ficando um primor de serviço em sua execução. Só que é necessário fazer praticamente um trabalho de recapeamento da avenida São Paulo até em frente ao Centro Educacional de Rolim de Moura, que está bastante danificado com buracos e soltando as pedrinhas “britas” nos dois lados da rua. Outro trabalho mais profícuo, tem que ser feito na Guaporé, no baixadão sentido ginásio de esportes Emerson Schebauer, que tamparam alguns buracos recentemente, embora, precisa ser feito um trabalho mais consistente como foi feito na administração do ex-governador João Cahúla, na Norte Sul, ali nas proximidades da Vetclin, que era um verdadeiro atoleiro.

Eleições 2022

Muitos comentários em redes sociais, querem saber com quem o prefeito Aldo Júlio, caminhará nas eleições do ano que vem, para todos os cargos inclusive. Acho que o alcaide está se comportando muito bem quanto essas questões, buscando recursos de parlamentares de várias agremiações políticas, que foram contemplados com parcelas significativas de votos de Rolim de Moura. O prefeito está certo quando agradece em meios de comunicações, quando o parlamentar direciona emendas para o município e, a campanha ainda está muito longe para se preocupar quem ele apoiará. Em inaugurações de obras que foram da administração passada, Aldo Júlio, não teve dificuldades em dizer que tal realização, os méritos foram do administrador tal, uma atitude muito elegante por parte dele. Uma deputada considerada de Rolim de Moura, está sendo questionada pelas suas emendas muito tímidas para a capital da Zona da Mata, enquanto para a Capital do Café, ela inclusive faz questão de colocar outdoor em várias partes da cidade, demonstrando indicadores de quase 60 Milhões, enquanto em Rolim de Moura, apenas míseros reais.

Operação conjunta da PC, PM e PRF prende irmão da prefeita afastada de Cacoal e apreende cerca de 150 Kg de drogas

COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Artigos

TV TRIBUNA TOP

Carregando...