Rolim de Moura - RO, Domingo, 26 de Maio de 2019

Vingadores da vida real: Homem-Aranha, Batman e Lanterna Verde são pegos por Tanos no Brasil

'Heróis' foram presos por posse ilegal de arma e dano ao patrimônio público

Fonte: Inforondonia - Em Polícia - 15/05/2019 08:16:00 hrs

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Vingadores da vida real: Homem-Aranha, Batman e Lanterna Verde são pegos por Tanos no Brasil

Não é necessário ir ao cinema e assistir ao filme de três horas para saber o fim que Thanos deu em alguns super-heróis. Três homens que se fantasiavam como Homem-Aranha, Lanterna Verde e Batman, supostamente do Trenzinho da Alegria - famoso grupo de dança do Ceará -, foram presos e autuados pela delegada Malake Waked Tanos.


Os "heróis" foram flagrados com uma arma, munições e coletes da polícia militar, mas, desta vez, não era para salvar o dia. Os policiais chegaram até os três após uma denúncia de que um homem, conhecido como "aranha", vendia drogas. A identidade secreta deste Homem-Aranha é, na verdade, Nailson de Sousa Gomes, de 27 anos, e, ao invés de teias, os policiais encontraram enterrados no quintal da casa um revólver calibre 38, com três munições intactas; um carregador para pistola .40; três coletes balísticos; e uma balaclava (touca ninja).

Já Batman e Lanterna Verde, neste caso, são os irmãos Almeida Balbino de Souza, de 19 anos, e Almino Silva Souza, de 24. Eles foram detidos por atirarem pedras contra a viatura da PM enquanto os policiais faziam buscas na residência do Homem-Aranha.

O "Endgame" desta história foi com a delegada Tanos prendendo e autuando os anti-heróis. O três foram encaminhados para o 9º Distrito Policial (DP). Nailson de Sousa foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e também por receptação. Já os irmãos Almeida e Almino de Souza foram autuados por dano ao patrimônio público, desobediência e resistência à prisão.

Empresas negam vínculos com presos

O advogado da empresa Trenzinho da Fantasia, Campos Filho, disse que Nailson trabalhou no Trem da Fantasia até fevereiro de 2018. Ele disse que a prisão do jovem foi uma surpresa porque, segundo ele, o 'Aranha' era um funcionário exemplar que cumpria com seus horários. Ele ressaltou que na época da contratação todos os pedidos legais para admissão foram cumpridos, inclusive o de antecedentes criminais. Ele disse que outro preso na operação de ontem chegou a ser admitido, sem revelar seu nome. Mas, segundo Campos Filho, ele não apresentou os documentos e não apareceu mais para trabalhar.

Já o gerente do Trenzinho da Alegria, Bruno Rodrigues, disse que todos os funcionários tiveram a ficha criminal levantada antes da contratação. "Esses rapazes não trabalham pro Trem da Alegria", disse.

COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Polícia

TV TRIBUNA TOP

Carregando...