Rolim de Moura - RO, Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020

Segundo Fecomercio/RO, em 2020, piso salarial do comércio em Rondônia será de R$ 1.170

Empresas que possuem até 11 empregados e que aderiram ao Regime Especial de Piso Salarial (Repis), o valor será de R$ 1.075.

Fonte: G1 RO, Fecomercio/RO - Em Economia - 06/01/2020 07:34:00 hrs

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Segundo Fecomercio/RO, em 2020, piso salarial do comércio em Rondônia será de R$ 1.170
Reprodução

O piso salarial do comércio de Porto Velho terá um reajuste de 3,7% em 2020. Segundo a Federação do Comércio de Rondônia (Fecomércio), o novo piso salarial dos trabalhadores foi estipulado em 1.170,00. Em 2019, o salário comercial da capital era de R$ 1.128,00.

Segundo a Fecomércio, o novo salário comercial foi definido durante a primeira rodada de negociações da Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2021, feita entre o Sindicato dos Empregados no Comércio de Porto Velho (Sindecom), Fecomércio e seus sindicatos filiados.

Na ocasião, também foi acordado que empresas que possuem até 11 empregados e que aderiram ao Regime Especial de Piso Salarial (Repis) o valor será de R$ 1.075,00.

Segundo Fecomercio, piso salarial do comércio em Rondônia será de R$ 1.170

(CLIQUE AQUI) e participe do grupo do TRIBUNA TOP no WhatsApp e fique sempre muito bem informado.

OBS: Somente os administradores poderão postar conteúdos.

COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Economia

TV TRIBUNA TOP

Carregando...