Rolim de Moura - RO, Domingo, 21 de Abril de 2019

Polícia Militar de Rondônia passa a ter mais 37 negociadores preparados para ocorrências de altíssima complexidade

A função do negociador é ser um elo para toda a atuação policial, ou seja, prestar suporte à negociação, e agir de forma técnica, para que os causadores do evento crítico desistam da ação.

Fonte: Alerta Rolim - Em Polícia - 22/03/2019 04:48:00 hrs

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Polícia Militar de Rondônia passa a ter mais 37 negociadores preparados para ocorrências de altíssima complexidade

A negociação é a primeira das alternativas táticas para a solução de algum conflito, sendo nesse sentido que a Polícia Militar do Estado de Rondônia formou 37 novos militares que concluíram o 1º Curso de Negociador Policial em Ocorrências de Altíssima Complexidade com atividades desenvolvidas pelo Batalhão de Operações Especiais (BOPE), e com aulas ministradas por oficiais especialistas das Polícias Militares dos Estados de Rondônia, São Paulo, Minas Gerais, Paraíba e Paraná. A formatura de conclusão do curso ocorreu na manhã de sexta-feira, no Comando do BOPE, com a presença do secretário de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania, coronel PM José Hélio Cysneiros Pachá, do comandante geral da PM, coronel Mauro Ronaldo Flôres Corrêa, do comandante do BOPE, capitão Paulo Henrique Barbosa, bem como outras autoridades civis e militares.

 

O comandante geral da PM, coronel Ronaldo, enalteceu a capacitação que visa à preparação dos profissionais para eventuais ocorrências envolvendo reféns, uma vez que em caso como esse requer ação de pronta resposta diferenciada por parte da segurança pública. Ele lembrou que a vida da vítima está sempre à frente das negociações. “Destacamos esse momento grandioso para a Polícia Militar de Rondônia que passa a ter mais 37 negociadores que estão prontos para atuarem nessa missão que é a primeira das alternativas táticas para a solução de algum conflito, pois além de ser a que menos risco traz a todos os envolvidos é a mais bem vista e também de grande importância que requer um grande conhecimento”, enfatizou o comandante, alegando, inclusive, que a Polícia Militar de Rondônia passa a ser a 13ª corporação do país a realizar um curso dessa grandeza e com a participação de oficiais, cabos e soldados, bem como de delegados.
 

 1º Curso de Negociador Policial em Ocorrências de Altíssima Complexidade teve início no dia 18 de fevereiro, com o objetivo de especializar policiais militares e delegados de polícia que se prepararam para atuações em situações de crise, sendo de extrema importância a figura do negociador.

 

O primeiro a receber o brevê de negociador foi o 3º sargento PM Gleison Palharin de Souza, por ter ficado em primeiro lugar no curso que garantiu a cada participante um leque de informações precisas para agirem em possíveis situações reais, sendo que para cada tipo de ocorrência exista uma forma mais apropriada de negociar.

 

Os objetivos essenciais em uma crise são os de salvar vidas e aplicar a Lei. Além de aulas e palestras em sala de aula, os alunos do curso foram submetidos a diferentes tipos de situações com simulações práticas em ambiente externo, onde aplicaram todas as técnicas assimiladas que devem ser utilizadas em determinadas ocorrências. A função do negociador é ser um elo para toda a atuação policial, ou seja, prestar suporte à negociação, e agir de forma técnica, para que os causadores do evento crítico desistam da ação.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Polícia

TV TRIBUNA TOP

Carregando...