Rolim de Moura - RO, Sexta-Feira, 01 de Julho de 2022 - 00:00

Nas alturas: Veja mitos e verdades sobre como economizar combustível

Fonte: BBC, G1 - Em Economia - 22/06/2022 09:02:00 hrs

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Nas alturas: Veja mitos e verdades sobre como economizar combustível
Reprodução

Usar menos o carro é a maneira mais óbvia de economizar dinheiro com gasolina, em meio aos crescentes preços dos combustíveis no Brasil e no mundo. Mas de que outra forma se pode poupar combustível?

Veja dicas de como fazer isso.

1) 90 km/h é a melhor velocidade para economizar combustível?

Muitos motoristas acham que dirigir a exatamente 90 km/h é o ponto ótimo de eficiência no consumo de combustível. Essa ideia aparece em muitos sites e artigos na internet.

No entanto, não existe uma velocidade de condução fixa ideal, de acordo com o grupo de automobilismo RAC.

O mito de que 90 km/h seria o ponto ideal surgiu em antigos testes de consumo de combustível, em que o uso de gasolina era testado por carros a 90 e a 120 km/h dentro da cidade.

Nesses testes, o consumo mais eficiente acontecia a 90 km/h, o que levou muitos a acreditar que essa era sempre a melhor velocidade.

No entanto, dependendo do tipo e tamanho do veículo, o RAC diz que a velocidade mais eficiente é entre 72 e 80 km/h — velocidades acima dos limites da maioria das vias dentro das cidades.

2) Devo desligar o ar-condicionado?

Se você já resistiu ao desejo de ligar o ar-condicionado do carro em um dia quente de verão só para economizar combustível, você fez a coisa certa.

É necessária energia extra para alimentar o sistema de ar-condicionado de um carro. O consumo de combustível pode aumentar em até 10% com o ar ligado, de acordo com a associação britânica de automóveis AA.

O impacto pode ser mais perceptível em viagens mais curtas — isso porque o ar-condicionado precisa usar mais energia inicialmente para reduzir a temperatura interna do carro.

Abrir as janelas pode ser melhor, mas isso cria um problema diferente, a resistência aerodinâmica. O motor precisa trabalhar mais para compensar a resistência do ar criada pelas janelas abertas.

Se tiver que escolher entre ar-condicionado ou janelas abertas, a melhor opção depende da velocidade. O ar-condicionado é provavelmente a melhor alternativa acima de 80 km/h, porque quanto mais rápido você dirige, maior é a resistência causada pelas janelas abertas.

3) Dirigir em ponto morto economiza combustível?

A AA não recomenda que motoristas dirigam em ponto morto ou pisando na embragem. Isso é pouco seguro por diversas razões. Além disso é improvável que essa prática economize gasolina.

A associação britânica de automóveis afirma que a maioria dos carros tem controles elétricos que cortam o suprimento de combustível toda vez que você tira o pé do acelerador — então não há nenhum ganho com dirigir em ponto morto.

4) O controle de cruzeiro economiza combustível?

O controle de cruzeiro — um dispositivo que mantém o carro em velocidade constante sem precisar usar o pedal do acelerador — é muitas vezes visto como uma maneira infalível de economizar combustível, pois evita acelerações desnecessárias e frenagens bruscas.

Mas ele só funciona assim quando se dirige em estradas planas.

Em outros tipos de estrada, é mais provável que você se depare com subidas e seu controle de cruzeiro precisará se ajustar à mudança de inclinação, consumindo mais combustível no processo.

Normalmente, você tira o pé do acelerador quando avista a descida de uma ladeira à frente, mas como o controle de cruzeiro não consegue enxergar, ele gasta mais tempo usando energia, aumentando o consumo de combustível.

5) A pressão errada dos pneus aumenta o consumo de gasolina?

Pneus com pressão baixa provocam um aumento no consumo de gasolina. O conselho é verificar as pressões com frequência, especialmente antes de uma viagem longa.

A pressão correta está no manual do carro — e às vezes é recomendável aumentar a pressão ao máximo, caso o carro esteja carregado com vários passageiros e bagagem.

No entanto, qualquer peso extra provocará um consumo adicional de combustível — portanto, deixe de fora qualquer coisa que você não precise.

6) Devo trocar gasolina aditivada por gasolina comum?

No curto prazo, a gasolina aditivada não representa nenhuma economia de combustível, pois possui a mesma proporção de etanol e gasolina do combustível comum vendido na bomba. A diferença maior é que a gasolina aditivada inclui alguns químicos que servem como detergente e dispersantes, removendo sujeiras do tanque e as expelindo para fora do motor na hora da combustão.

No longo prazo, isso pode representar uma economia para o motorista, já que um motor mais limpo é mais eficiente e necessita de menos combustível para funcionar.

7) Devo trocar gasolina por etanol?

A regra geral para quem pode abastecer seu carro com os dois combustíveis é que o etanol precisa estar com preço inferior a 70% da gasolina para compensar. Assim se a gasolina estiver custando R$ 7, o etanol precisa custar menos que R$ 4,90.

Quando a gasolina está a R$ 8, o etanol precisa ser mais barato que R$ 5,60. Pesquisas da Agência Nacional do Petróleo mostram que o preço do etanol também está subindo — e que na maioria dos Estados brasileiros, não compensa trocar gasolina por etanol.

CLIQUE AQUI E FAÇA PARTE DO NOSSO GRUPO DE NOTÍCIAS!!!

COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Economia

TV TRIBUNA TOP

Carregando...