Rolim de Moura - RO, Sexta-Feira, 07 de Maio de 2021 - 00:00

RO recebe mais de 50 mil doses de vacinas contra covid-19; Mais de 3 mil doses da Pfizer serão para Porto Velho para imunização de pessoas com comorbidades

.

Fonte: G1 RO, Rondoniagora - Em Saúde - 03/05/2021 07:42:00 hrs

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
RO recebe mais de 50 mil doses de vacinas contra covid-19; Mais de 3 mil doses da Pfizer serão para Porto Velho para imunização de pessoas com comorbidades
Reprodução

Rondônia recebeu na tarde desta segunda-feira (3) o primeiro lote da vacina da Pfizer contra Covid-19. No total são 3.510 doses. O carregamento chegou em Porto Velho por volta das 16h. O estado também recebeu mais 46.500 doses da vacina AstraZeneca.

A Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) informou que vai seguir as determinações do Ministério da Saúde, portanto, inicialmente, a vacina da Pfizer será aplicada em moradores da capital que apresentam algum tipo de comorbidades (veja abaixo).

A partir desta semana são administradas três vacinas no estado: a da CoronaVac produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, a da AstraZeneca fabricada no país pela Fiocruz, e agora a desenvolvida pela empresa alemã BioNTech em parceria com a farmacêutica norte-americana Pfizer.

As doses da Pfizer precisam ser armazenadas em caixas com temperaturas entre -25°C e -15°C por, no máximo, 14 dias. Ao chegarem às salas de vacinação, as doses devem ser mantidas a uma temperatura que varia entre 2°C e 8°C, e precisam ser aplicadas na população em um período de até cinco dias.

Segundo a Sesau, a vacina Pfizer recomenda um intervalo de 12 semanas entre a primeira e a segunda dose, ou seja, é necessário um período de três meses para aplicação da segunda dose.

Devido ao pouco tempo de armazenamento, as doses estão sendo disponibilizadas apenas para as capitais. Também por isso, os distritos de Porto Velho não receberão doses dessa vacina.

Grupos prioritários que irão receber a vacina da Pfizer

Os grupos prioritários que irão receber a primeira dose da vacina Pfizer são compostos por:

  • pessoas com síndrome de down (18 a 59 anos);
  • pessoas com doença renal em terapia de substituição – diálise – (18 a 59 anos);
  • gestantes e puérperas (mães com bebês de até 45 dias) com comorbidades (18 a 59 anos);
  • pessoas com comorbidades (55 a 59 anos) e
  • pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (55 a 59 anos).

Sobre as pessoas que tomaram a primeira dose da CoronaVac, e que ainda não foram imunizados com a segunda dose, por causa da falta do imunizante no estado, o gerente de imunização garantiu que a vacina não perde a eficácia no organismo de quem está esperando para tomar a segunda dose. “O MS nos informou que essas vacinas devem chegar entre quinta-feira (6) e sexta-feira (7)”, explicou o gerente de imunização da Agevisa, Ivo Barbosa.

As doses da vacina da AstraZeneca vão ser disponibilizadas para a aplicação da primeira dose em idosos de 60 a 64 anos e pessoas com comorbidades.

Operação conjunta da PC, PM e PRF prende irmão da prefeita afastada de Cacoal e apreende cerca de 150 Kg de drogas

COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Saúde

TV TRIBUNA TOP

Carregando...