Rolim de Moura - RO, Terça-Feira, 13 de Abril de 2021 - 00:00

MP faz operação contra grupo suspeito de disseminar HIV intencionalmente

.

Fonte: G1 SP; SBT News, UOL - Em Saúde - 08/04/2021 12:00:00 hrs

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
MP faz operação contra grupo suspeito de disseminar HIV intencionalmente
Reprodução/SBT News

O Ministério Público de São Paulo cumpriu, na quarta-feira (7), 12 mandados de busca e apreensão na capital, região metropolitana e no interior de São Paulo e no Rio de Janeiro para desarticular um grupo suspeito de disseminar, de forma intencional, o vírus HIV.

A investigação começou em junho do ano passado com a denúncia de um suposta vítima, que indicou a existência do grupo no Whatsapp, com 126 de pessoas, chamado “Clube do Carimbo”, sendo que "carimbar", segundo o MP, é o termo usado para transmitir o vírus da Aids de propósito.

Durante meses, agentes de inteligência do MP monitoraram os integrantes do grupo e recolheram indícios do crime de associação criminosa. Os promotores dizem que os integrantes do grupo contaminavam as pessoas omitindo que são portadores do vírus ou danificando o preservativo antes da relação sexual. Fotos obtidas na investigação mostram preservativos perfurados por agulhas.

Os encontros eram marcados por meio de um site dedicado à prática de relações sexuais sem preservativo. Na página, existem endereços direcionados a dezenas de grupos de Whatsapp que, segundo a Promotoria, seriam usados pelo "Clube do Carimbo".

Por meio da quebra de sigilo telemático autorizado pela Justiça, os promotores chegaram aos envolvidos. Também há indícios da participação de pessoas que vivem em Minas Gerais e Pernambuco, mas elas ainda não foram identificadas. Os celulares apreendidos na operação serão periciados e a investigação continua.

Se comprovada a prática de transmissão do vírus de forma intencional, os autores podem ser condenados pelos crimes de associação criminosa e expor a saúde ou vida de outrém a perigo iminente. A pena pode chegar a quatro anos de prisão.

Operação conjunta da PC, PM e PRF prende irmão da prefeita afastada de Cacoal e apreende cerca de 150 Kg de drogas

COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Saúde

TV TRIBUNA TOP

Carregando...