Rolim de Moura - RO, Domingo, 20 de Junho de 2021 - 00:00

Governo Federal gastou mais de R$ 15 milhões com leite condensado e R$ 2,2 milhões em chicletes em 2020

.

Fonte: Metropoles, Aos Fatos, Folha de São Paulo, Estadão, Uol - Em Política - 27/01/2021 09:08:00 hrs

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Governo Federal gastou mais de R$ 15 milhões com leite condensado e R$ 2,2 milhões em chicletes em 2020
Reprodução/Twitter

Em 2020, segundo dados disponíveis no Painel de Compras do Ministério da Economia, o Governo Federal gastou mais de R$ 1,8 bilhão em compras de supermercados – um aumento de 20% em relação a 2019.

Porém, diversos itens do "carrinho de compras" gerou memes na internet.

Além do tradicional arroz, feijão, carne, batata frita e salada, no “carrinho” estiveram incluídos biscoitos, sorvete, massa de pastel, leite condensado, geleia de mocotó, picolé, pão de queijo, pizza, vinho, bombom, chantilly, sagu e até chiclete.

Os valores chamam a atenção. Dentre os gastos, está pouco mais de R$ 5 milhões na compra de uvas-passas, R$ 2,2 milhões com chicletes, R$ 37,2 milhões em pizzas e refrigerantes, R$ 14 milhões em molhos soyo, pimenta e inglês, além de R$ 15 milhões com leite condensado.

Os dados são públicos e estão disponíveis no Painel de Compras do Governo Federal.

Nas redes sociais, o assunto viralizou e ficou entre os mais comentados do Twitter nesta terça-feira (26/1). O principal? Leite condensado.

Governo Federal gastou mais de R$ 15 milhões com leite condensado e R$ 2,2 milhões em chicletes em 2020 
Governo Federal gastou mais de R$ 15 milhões com leite condensado e R$ 2,2 milhões em chicletes em 2020
Governo Federal gastou mais de R$ 15 milhões com leite condensado e R$ 2,2 milhões em chicletes em 2020
Governo Federal gastou mais de R$ 15 milhões com leite condensado e R$ 2,2 milhões em chicletes em 2020
Reprodução/Twitter

Governo Federal gastou mais de R$ 15 milhões com leite condensado e R$ 2,2 milhões em chicletes em 2020
Reprodução/Metrópoles/Ministério da Econnomia

Gastos não são do presidente Bolsonaro

A reportagem friza que os gastos relacionados acima não são exclusivos de Jair Bolsonaro, e sim, de todo o Governo.

Os valores divulgados, por exemplo, do leite condensado corresponde à despesa com o produto em todos os órgãos do Governo Federal, sendo a maior parte - R$ 14,2 milhões - do Ministério da Defesa. Ou seja, não se pode atribuir apenas ao presidente esse custo.

Depois da Defesa, os três maiores gastos com leite condensado vieram das pastas da Educação (R$ 1 milhão), da Justiça (R$ 327 mil) e da Saúde (R$ 61 mil).

Em nota, o Ministério da Defesa afirmou que seus gastos com alimentação são maiores do que os de outros órgãos porque a pasta é responsável pela comida do efetivo das Forças Armadas que, segundo a pasta, é de cerca de 370 mil pessoas.

Operação conjunta da PC, PM e PRF prende irmão da prefeita afastada de Cacoal e apreende cerca de 150 Kg de drogas

COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Política

TV TRIBUNA TOP

Carregando...