Rolim de Moura - RO, Sábado, 23 de Janeiro de 2021 - 00:00

Criança diz que viu padrasto desovando corpo em terreno e, em depoimento, admite que denúncia era falsa

Fonte: Rondoniaovivo - Em Polícia - 24/11/2020 01:27:00 hrs

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Criança diz que viu padrasto desovando corpo em terreno e, em depoimento, admite que denúncia era falsa
Reprodução/Rondoniaovivo

Equipes da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV), Corpo de Bombeiros, Perícia Criminal, Instituto Médico Legal (IML) e o helicóptero do Núcleo de Operações Aéreas (Noa) se mobilizaram na manhã desta terça-feira (24) após denúncia de que um corpo teria sido desovado em um terreno baldio na Rua Genebra, bairro Bom Sucesso, na zona Sul de Porto Velho (RO).

Os policiais da Delegacia de Homicídios receberam denúncia do pai de uma criança de 12 anos dizendo que o filho teria dito durante consulta com um psicólogo na data de ontem (23), que no início do mês teria visto o padrasto matando um homem com um tiro na cabeça e desovado o corpo no terreno. A criança ainda teria dito na sessão que havia sido levada no carro junto com o padrasto e que o corpo estaria no porta-malas do veículo momentos antes da suposta "desova" do corpo.

Após essas informações, os policiais da Homicídios mobilizaram as equipes e foram para o local. Uma verdadeira varredura foi realizada na região com apoio do helicóptero Falcão 01, mas nenhum corpo foi localizado. A delegada Leisaloma Carvalho esteve presente acompanhado as buscas.

Criança diz que viu padrasto desovando corpo em terreno e, após diversas buscas, polícia diz que denúncia era falsa

A criança ainda teria afirmado que o crime teria ocorrido no início do mês de novembro e que sua mãe havia presenciado o crime.

História era mentira

Durante depoimento na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV), a criança confessou que inventou toda a situação do suposto cadáver jogado em um terreno baldio na manhã desta terça (24).

A criança admitiu que criou toda a situação para tentar fazer o padrasto ser preso e o pai voltar a morar com ele e sua mãe na residência da família. 

A Polícia Civil registrou a ocorrência como falsa comunicação de crime e busca apurar se o pai da criança teria participado do caso.

Operação conjunta da PC, PM e PRF prende irmão da prefeita afastada de Cacoal e apreende cerca de 150 Kg de drogas

COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Polícia

TV TRIBUNA TOP

Carregando...