Rolim de Moura - RO, Sexta-Feira, 30 de Outubro de 2020 - 00:00

Novas imagens mostram prefeitos de RO recebendo dinheiro que seria de propina

.

Fonte: G1 RO - Em Polícia - 02/10/2020 05:44:00 hrs

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Novas imagens mostram prefeitos de RO recebendo dinheiro que seria de propina
Reprodução/G1 RO

Os novos vídeos divulgados pelo G1 Rondônia mostram os prefeitos de Rolim de Moura, Cacoal e São Francisco recebendo dinheiro que seriam de propina.

Nas imagens aparecem Luiz Ademir Schock recebendo dinheiro de propina em um quarto de hotel. Posteriormente, ele recebe em um escritório e passa alcool gel para limpar as mãos.

As novas imagens também mostram a prefeita de Cacoal, Glaucione Neri, recebendo propina em casa. os pagamentos também eram feitos na prefeitura.

Os prefeitos Luizão do Trento, Glaucione Neri, Gislaine Lebrinha, Marcito Pinto (Ji-Paraná), e o ex-deputado Daniel Neri, foram presos por envolvimento em um suposto esquema de propina. Eles estavam em uma cela no quartel da PM em Ji-Paraná até a tarde de ontem (01) quando foram transferidos para Porto Velho, ondem passaram por exame no Instituto Médico Legal (IML) e permanecerão presos no comando da Polícia Militar (PM) na capital de Rondônia.

A ordem de transferência partiu do relator do caso, desembargador Roosevelt Queiroz. Os presos saíram do quartel da PM em Ji-Paraná com destino ao município por volta das 16h.

O ministro Joel Ilan Paciornik, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), chegou a negar, na última quarta-feira (30), o pedido de liminar do habeas corpus de Luiz Ademir, de Glaucione Neri e do ex-deputado Daniel Neri. A defesa dos três políticos chegou a pedir para que o STJ fizesse a substituição da prisão preventiva dos suspeitos para prisão domiciliar. Na decisão ainda cabe recurso.

Glaucione Neri, Luiz Ademir, Gislaine Lebrinha, Marcito Pinto e o ex-deputado Daniel Neri foram presos no último dia 25 de setembro durante a Operação Reciclagem, da PF, para combater um esquema de propina. As prisões dos políticos foram autorizadas pelo Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) devido aos vários indícios de provas contra os políticos denunciados. Alguns dos pagamentos de propina foram filmados por câmeras.

Na mesma decisão, o desembargador determinou o afastamento dos prefeitos de suas funções. Por causa da pandemia, o TJ-RO diz que foi propiciado aos substitutos condições legais para assumirem os cargos de forma temporária, por 120 dias, nas prefeituras de Ji-Paraná, Cacoal, Rolim de Moura e São Francisco.

Nova Brasilândia proíbe entrada de pessoas no 
município até dia 31 de maio

COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Polícia

TV TRIBUNA TOP

Carregando...