Rolim de Moura - RO, Terça-Feira, 27 de Outubro de 2020 - 00:00

Prefeitos de Rolim de Moura, Cacoal, Ji-Paraná e São Francisco são presos em operação da PF

.

Fonte: G1 RO - Em Polícia - 25/09/2020 11:56:00 hrs

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Prefeitos de Rolim de Moura, Cacoal, Ji-Paraná e São Francisco são presos em operação da PF
PF faz buscas na casa do prefeito de Rolim de Moura/Reprodução/G1RO

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público do Estado de Rondônia (MP-RO) iniciaram, nesta sexta-feira (25), a Operação Reciclagem para apurar crimes contra a Administração Pública. Quatro prefeitos e um ex-deputado estadual foram alvos de mandados de prisão preventiva, segundo a polícia.

Segundo a polícia, os quatro prefeitos e o ex-deputado presos são:

  • Gislaine Clemente (a Lebrinha, filha do deputado estadual Lebrão) - prefeita de São Francisco do Guaporé;
  • Luiz Ademir Schock (o Luizão do Trento) - prefeito de Rolim de Moura;
  • Marcito Aparecido Pinto - prefeito de Ji-Paraná (2ª maior cidade de Rondônia);
  • Glaucione Maria Rodrigues Neri - prefeita de Cacoal (5ª cidade mais populosa do estado);
  • Daniel Neri, ex-deputado estadual e marido de Glaucione.

O prefeito Marcito, de Ji-Paraná, foi preso na sede da administração municipal, o palácio Urupá. Ele foi levado à viatura sem algema.

Prefeitos de Rolim de Moura, Cacoal, Ji-Paraná e São Francisco são presos em operação da PF
Prefeito Marcito Pinto é preso pela PF em Ji-Paraná — Foto: Reprodução

À Rede Amazônica, os advogados dos prefeito de Ji-Paraná e São Francisco do Guaporé informaram que não vão se posicionar sobre a operação. O G1 tentou contato com os demais investigados, mas não obteve retorno até a última atualização dessa reportagem.

Investigação começou no ano passado

Segundo a PF, a investigação começou em dezembro de 2019. A denúncia partiu de um empresário que prestava serviços às prefeituras.

Uma das prefeituras, cujo nome ainda não foi detalhado pela PF, teria condicionado o pagamento de uma dívida com um prestador de serviço ao repasse de propina. Foi esse empresário que decidiu denunciar a fraude e delatou os outros três municípios que, segundo ele, adotavam a mesma prática de corrupção.

 

Prefeitos de Rolim de Moura, Cacoal, Ji-Paraná e São Francisco são presos em operação da PF
Polícia Federal mira Prefeitura de Ji-Paraná em operação — Foto: Gedeon Miranda/Rede Amazônica

A PF diz que imagens de câmeras provaram que os investigados recebiam milhares de reais em dinheiro.

Além dos mandados de prisão, foi determinado o afastamento das funções públicas dos envolvidos e o bloqueio de ativos que ultrapassam R$ 1,5 milhão, valor que, em tese, teria sido recebido de forma ilícita.

Prefeitos de Rolim de Moura, Cacoal, Ji-Paraná e São Francisco são presos em operação da PF
Casa da prefeita de Cacoal,Glaucione Maria Rodrigues Neri, durante operação da PF
Foto: Fábio Diniz/Rede Amazônica

Mandados de busca e apreensão
 
Também foram cumpridos 12 de mandados de busca e apreensão, com 22 equipes e envolvimento de mais de 70 policiais federais nas quatro cidades.

O nome da operação, Reciclagem, faz referência ao ramo de atividades da empresa envolvida no caso e na origem dos recursos ilícitos. O Tribunal de Justiça que cuida do caso decretou sigilo nas investigações.

Prefeitos de Rolim de Moura, Cacoal, Ji-Paraná e São Francisco são presos em operação da PF
Polícia cumpre mandados no gabinete da prefeita Lebrinha, em São Francisco — Foto: PF/Divulgação

Nota à imprensa da Prefeitura de Rolim de Moura

A Prefeitura de Rolim de Moura (RO) informa que na manhã desta sexta-feira (25) foi alvo da Operação Reciclagem da Polícia Federal. Policiais Federais fizeram busca no gabinete da prefeitura durante 15 minutos, entretanto não foi levado nenhum documento do poder público municipal ou aparelhos eletrônicos como computadores notebook ou tabletes.

Sobre a prisão preventiva do chefe do poder executivo informamos que não se tem conhecimento dos autos.

A prefeitura informa que os trabalhos continuarão ocorrendo normalmente sem prejuízos à população.

Matéria em atualização.

Prefeitos de Rolim de Moura, Cacoal, Ji-Paraná e São Francisco são presos em operação da PF
Dinheiro apreendido durante Operação Reciclagem em RO — Foto: PF/Divulgação

Nova Brasilândia proíbe entrada de pessoas no 
município até dia 31 de maio

COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Polícia

TV TRIBUNA TOP

Carregando...