Rolim de Moura - RO, Segunda-Feira, 29 de Novembro de 2021 - 00:00

Perícia diz que comerciante foi morto por asfixia em Porto Velho

Fonte: Rondoniaovivo - Em Polícia - 14/09/2020 05:50:00 hrs

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Perícia diz que comerciante foi morto por asfixia em Porto Velho
Reprodução/News Rondônia

A perícia constatou que o comerciante Fernando Lopes Trindade, 60, foi morto por asfixia em sua residência localizada na Rua Lotus com Joaquim da Rocha, bairro Castanheira, na zona Sul de Porto Velho (RO).

O corpo do homem foi encontrado com mãos e pés amarrados no começo da tarde desta segunda-feira (14). Fernando morava em uma casa de dois pisos nos fundos do comércio em que era proprietário há cerca de 20 anos. Um irmão dele foi ao local após estranhar que o comércio não havia sido aberto.

Durante a Perícia Criminal foi verificado que o carro da vítima estava com o vidro quebrado, as duas motocicletas dele foram roubadas e o comércio foi encontrado todo revirado. Fernando foi morto asfixiado com um lençol, segundo a perícia. O comerciante era ex-professor da rede pública estadual.

A polícia investiga o desaparecimento de aproximadamente R$ 40 mil que o comerciante teria guardado em casa, segundo as informações obtidas no local. Dois adolescentes que moravam com a vítima estão sendo considerados suspeitos do crime.

Perícia diz que comerciante foi morto por asfixia em Porto Velho

O delegado Marcelo Resem da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio esteve no local junto com sua equipe e deram início as investigações do crime de roubo seguido de morte (latrocínio).

Nova Brasilândia proíbe entrada de pessoas no 
município até dia 31 de maio

COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Polícia

TV TRIBUNA TOP

Carregando...