Rolim de Moura - RO, Terça-Feira, 07 de Abril de 2020

Bolsonaro diz que 'gripezinha' não vai derrubá-lo; 22 pessoas que estiveram nos EUA com o presidente estão infectadas

"Depois da facada, não vai ser uma gripezinha que vai me derrubar não, tá ok?" disse ele. E acrescentou: "Se me recomendar fazer um novo exame, eu farei. Caso o contrário, me comportarei como qualquer um de vocês"

Fonte: G1 - Em Política - 21/03/2020 08:59:00 hrs

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Bolsonaro diz que
Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (20) que, depois da facada que levou em 2018, durante um ato eleitoral em Juiz de Fora (MG), não será uma "gripezinha" que irá derrubá-lo.

Enquanto o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, alerta para possibilidade de "colapso" no sistema de saúde se nada for feito para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus, a declaração de Bolsonaro mostra um movimento errático.

Bolsonaro concedeu uma entrevista no Palácio do Planalto e foi questionado se aceitaria mostrar os exames aos quais foi submetido para apurar se havia contraído o novo coronavírus.

Nas redes sociais, o presidente informou que os dois exames deram resultado negativo.

"Depois da facada, não vai ser uma gripezinha que vai me derrubar não, tá ok? Se o médico ou o ministro da Saúde me recomendar um novo exame, eu farei. Caso o contrário, me comportarei como qualquer um de vocês aqui presentes", declarou Bolsonaro.

Mais cedo, nesta sexta, Bolsonaro disse que poderá fazer um terceiro teste para saber se foi infectado pelo novo coronavírus. "Eu estou bem, fiz dois testes, talvez faça mais um até, talvez porque sou pessoa que tem contato com muita gente. Talvez receba orientação médica", declarou.

22 infectados na comitiva que esteve nos EUA

Chegou a 22 nesta sexta-feira (20) o número de pessoas que participaram da viagem do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos na semana passada e agora estão com o coronavírus.

Os quatro casos mais recentes foram anunciados por Bolsonaro em uma entrevista na porta da residência oficial do Palácio da Alvorada nesta sexta.

São eles:

  • Major Mauro César Barbosa Cid, ajudante de ordens do presidente
  • Coronel Gustavo Suarez da Silva, diretor adjunto do Departamento de Segurança do GSI
  • Filipe Martins, assessor especial da Presidência
  • Embaixador Carlos França, chefe do cerimonial da Presidência

Os quatro estiveram com o presidente em algum momento durante a viagem aos EUA. Além deles, os outros 18 contaminados que integraram ou tiveram contato com a comitiva de Bolsonaro são:

  • Sergio Segovia, presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex)
  • Bento Albuquerque, ministro de Minas e Energia
  • Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional
  • Daniel Freitas, deputado federal
  • Flavio Roscoe, presidente da Federação das Indústria do Estado de Minas Gerais (Fiemg)
  • Marcos Troyjo, secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia
  • Robson Braga de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI)
  • Fabio Wajngarten, secretário de Comunicação da Presidência da República
  • Nelsinho Trad (PSD-MS), senador
  • Nestor Forster, encarregado de negócios do Brasil nos Estados Unidos
  • Samy Liberman, secretário Especial Adjunto de Comunicação Social da Presidência
  • Francis Suarez, prefeito de Miami
  • Sérgio Lima, publicitário que trabalha com a família Bolsonaro na criação do partido Aliança pelo Brasil
  • Karina Kufa, advogada de Jair Bolsonaro
  • quatro integrantes da equipe de apoio da comitiva

(CLIQUE AQUI) e participe do grupo do TRIBUNA TOP no WhatsApp e fique sempre muito bem informado.

OBS: Somente os administradores poderão postar conteúdos.

COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Política

TV TRIBUNA TOP

Carregando...