Rolim de Moura - RO, Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020 - 00:00

Mãe confessa ter matado filha de 02 anos na cozinha de casa no DF

Segundo o documento, Laryssa teria pegado o colchão do berço onde estava a sua filha, levado para a cozinha. Em seguida, teria pegado uma faca e tentado furar o pescoço da menina, mas não conseguiu. Por isso, teria fechado os olhos e golpeado mais 2 vezes.

Fonte: G1, Metrópoles - Em Polícia - 14/02/2020 04:55:00 hrs

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Mãe confessa ter matado filha de 02 anos na cozinha de casa no DF
Reprodução

Em depoimento à 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro) nesta quinta-feira (13), Laryssa Yasmim Pires de Moraes, 21 anos, narrou detalhes de como executou a facadas a própria filha. Segundo a jovem, o crime ocorreu na cozinha do apartamento, de apenas três cômodos. O imóvel fica localizado na Chácara 148 da Colônia Agrícola Samambaia, em Vicente Pires.

Ela contou ter acordado por volta de 5h30 da manhã. Depois, colocou sobre a pia um colchão de berço e levou a filha até a bancada. “Tentou, primeiro, dar uma facada, mas não deu certo. A bebê começou a chorar. Foi aí que ela tentou sufocar com a mão, fechou os olhos e acertou outras duas vezes”, descreve o delegado Josué Ribeiro da Silva.

O primeiro golpe acertou a pequena Júlia Félix de Moraes, de apenas 2 anos, próximo ao pescoço, mas não chegou a perfurar a pele da menina, pois Laryssa teria usado pouca força. No entanto, na sequência, ela apunhalou a garota mais duas vezes e, dessa vez, a lâmina penetrou o tórax. Segundo as investigações, a barbárie foi praticada com uma faca de pesca, de ponta triangular.

Laryssa afirmou ainda que, depois, pegou outra faca e fez um corte no rosto de Giuvan, "em movimento como se fosse fazer a barba". Neste momento, Giuvan Félix, pai da criança,  teria acordado assustado e tentou desarmar a mulher. Após tomar a faca de Laryssa, ele se deparou com a filha ensanguentada e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) . “Enquanto Giuvan estava no telefone, ela guardou a faca e escondeu o colchão na área de serviço, que encontramos após voltarmos à casa”, afirma o delegado.

Polícia investiga se mãe planejou o crime

Nesta sexta-feira (14), o delegado responsável pelo caso, Josué Ribeiro, disse que investigava se Laryssa planejou o crime e dopou o pai da criança para que ele não percebesse. Em depoimento, o rapaz afirmou que não ouviu o choro da filha. No entanto, vizinhos disseram que escutaram gritos da menina.

"Ele [Giuvan] contou que ela fez uma macarronada [na noite anterior ao crime] e serviu um suco separado para ele."

A princípio, a polícia chegou a suspeitar que o pai teria participado do assassinato, mas, após apuração, investigadores descartaram que ele tenha sido cúmplice. De acordo com o delegado, a perícia não encontrou vestígios de drogas ou álcool no apartamento onde ocorreu o crime.

(CLIQUE AQUI) e participe do grupo do TRIBUNA TOP no WhatsApp e fique sempre muito bem informado.

OBS: Somente os administradores poderão postar conteúdos.

COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Mais Notícias da Categoria: Polícia

TV TRIBUNA TOP

Carregando...